Notícias

CONSERVADOR DE MÉDIA TEMPERATURA OU DUPLA AÇÃO: QUAL ESCOLHER?

Confira um comparativo entre os conservadores de média temperatura e os dupla ação em diferentes contextos de uso
 
Em meio às diversas opções de conservadores de alimentos e bebidas para estabelecimentos comerciais, não é raro surgirem dúvidas sobre qual é mais indicado adquirir. Neste artigo, a Fricon te apresenta um comparativo entre dois tipos de equipamentos muito utilizados – os de média temperatura e os dupla ação.
 
Para facilitar o entendimento sobre as principais diferenças entre eles, demonstraremos como cada um se comporta em diferentes contextos de uso. Assim, você poderá perceber qual o mais indicado de acordo com a sua necessidade. Afinal, um não pode ser considerado melhor do que o outro, apenas mais ou menos eficiente para diferentes finalidades.
 
Temperaturas e modos de funcionamento
 
Enquanto os conservadores de média temperatura trabalham apenas com temperaturas positivas (entre 2 ºC e 8 ºC), assim como as geladeiras domésticas, os dupla ação possuem a versatilidade de poder ser programado para manter temperaturas negativas no modo conservador ou positivas no modo refrigerador.
 
Por meio do termostato, você pode selecionar um dos dois modos de funcionamento dos conservadores dupla ação:
 
1. Modo Conservador: temperaturas entre -18 °C e -22 °C;
2. Modo Refrigerador: temperaturas entre +2 C° e +8 °C.
 
Contudo, o quesito temperatura não é a única diferença entre esses dois tipos de equipamentos. É preciso atentar para o tipo de refrigeração que cada um utiliza.
 
Tipos de refrigeração
 
Com a refrigeração por ar forçado, nos conservadores de média temperatura, a refrigeração dos produtos é feita de maneira mais uniforme por todo o interior do equipamento, não sendo necessário o contato direto dos produtos com as paredes frias. Assim, é possível alcançar e manter a temperatura pretendida com maior eficiência.
 
Já com a refrigeração estática, utilizada nos conservadores dupla ação, o resfriamento de cada item é feito a partir da troca gradual de calor entre o frio gerado nas paredes internas do equipamento e os produtos acondicionados no seu interior. 
 
Para saber mais sobre os dois tipos de refrigeração (estática e por ar forçado), você pode ler nosso artigo específico sobre o tema clicando aqui.
 
Os tipos de refrigeração são muito relevantes na hora de escolher o equipamento correto para o seu negócio, pois têm impacto direto na qualidade e conservação dos diferentes produtos, como você poderá ver a seguir.
 
Conservadores de média temperatura e dupla ação em diferentes contextos de uso
 
Quanto aos tipos de produtos
 
Se a finalidade do conservador for o abastecimento exclusivo de produtos que não podem entrar em contato direto com as paredes frias – como no caso de hortifrutis, por exemplo –, um conservador de média temperatura é, sem dúvida, o mais apropriado. Isso porque a refrigeração por ar forçado não prejudicará a qualidade dos produtos.
 
Bebidas (água, refrigerantes, isotônicos), laticínios, frios e carnes resfriadas também são perfeitamente acondicionados nos conservadores de média temperatura.
 
Como já dissemos, o principal benefício dos conservadores dupla ação é a versatilidade: neles, é possível escolher entre dois modos de funcionamento (conservador e refrigerador). Contudo, como não é indicado utilizar a faixa intermediária dos equipamentos dupla ação, o ideal é não inserir produtos com diferentes necessidades de temperaturas.
 
Ou seja, se você precisa conservar refrigerantes, deve selecionar o modo Refrigerador – que não é indicado, por exemplo, para polpas de frutas, pois estas derreteriam. Da mesma maneira, selecionar o modo conservador preservaria as polpas, mas congelaria os refrigerantes.
 
Quanto à praticidade no local de utilização
 
Além dos tipos de produtos a serem armazenados, é interessante analisar algumas outras características dos equipamentos em relação ao local de utilização. O sistema de degelo é a primeira delas.
 
Nos conservadores dupla ação (refrigeração estática), o degelo é manual, o que demanda trabalho manual e tempo para cada limpeza do equipamento. Sempre que a camada de gelo das paredes do equipamento ultrapassar 1 cm de espessura, será necessário fazer o degelo manualmente para que o equipamento mantenha sua eficiência e performance de funcionamento.
 
Já nos conservadores de média temperatura (refrigeração por ar forçado), o sistema Defrost faz com que não exista acúmulo de gelo, facilitando a limpeza e a manutenção de rotina. Isso contribui para que os equipamentos de média temperatura, na sua maioria, sejam com porta de vidro e sejam escolhidos com maior frequência para o uso como expositores.
 
Outra característica a levar em conta é o formato do conservador (horizontal ou vertical), seja nos equipamentos de média temperatura ou nos dupla ação. 
 
1. Verticais: ocupam menor espaço útil no local e facilitam na hora de os clientes escolherem os produtos. Para isso, contam com prateleiras ajustáveis, puxadores embutidos e sistema de pés niveladores, com opção de tampa de vidro ou de chapa. São utilizados sobretudo para conservação de gelo, produtos congelados ou bebidas nas áreas de venda (versões porta de vidro), ou mesmo para estoque e conservação, na versão porta de chapa.
 
2. Horizontais: com maior capacidade de armazenamento de produtos, possuem tampa de chapa ou de vidro, com puxadores ergonômicos e dobradiças balanceadas (apenas na versão porta de chapa) para facilitar a abertura. Podem ter divisória interna para melhor organização dos itens, além de sistema de rodízio para facilitar a movimentação, muito utilizado em sorveterias, bares e restaurantes.
 
Benefícios específicos
 
Como vimos, os dois tipos de equipamentos atendem a necessidades diferentes. Enquanto os conservadores de média temperatura são mais eficientes na manutenção das temperaturas positivas e no degelo automático, os dupla ação são multifuncionais e, portanto, úteis para quando é necessário trocar o modo de funcionamento (Conservador ou Refrigerador).
 
Confira a seguir alguns exemplos de soluções com a qualidade Fricon. Todos os nossos equipamentos oferecem as seguintes vantagens:
 
·         chapas internas e externas em aço galvanizado pré-pintado;
·         moldura com corte térmico para uma maior eficiência na manutenção da temperatura;
·         gabinete com formas internas arredondadas para facilitar a limpeza;
·         isolamento de poliuretano ecologicamente correto.
 
Exemplos de soluções com a qualidade Fricon
 
Conservador Vertical de Média Temperatura (VCFM 565 V)
 
Com refrigeração forçada e capacidade para 565 litros, possui sistema Defrost, porta de vidro duplo temperado baixo emissivo com fechamento automático e magnetizado, prateleiras ajustáveis com pintura plastificada e suportes em alumínio, sistema de unidade condensadora removível para frente (fácil acesso à manutenção), pés niveladores, sistema de iluminação LED e topo iluminado, disponível nas cores branco e preto. [Saiba mais aqui]
 
Conservador Vertical Dupla Ação (VCED 565 V)
 
Com refrigeração estática e capacidade para 565 litros, possui degelo manual, porta de vidro triplo temperado com aquecimento baixo emissivo, fechamento automático e magnetizado, prateleiras ajustáveis com pintura plastificada e suportes em alumínio, grade frontal plástica injetada em material de alto impacto com proteção U.V., sistema de unidade condensadora removível para frente (fácil acesso a manutenção), pés niveladores, sistema de iluminação LED e topo iluminado, disponível nas cores branco e preto. [Saiba mais aqui]
 
Conservador Vertical de Média Temperatura (VCFM 402 V)
 
Com refrigeração forçada e capacidade para 402 litros, possui sistema Defrost, porta de vidro duplo temperado baixo emissivo com fechamento automático e magnetizado, prateleiras ajustáveis com pintura plastificada e suportes em alumínio, grade frontal plástica injetada em material de alto impacto com proteção U.V., sistema de unidade condensadora removível para frente (fácil acesso à manutenção), pés niveladores, sistema de iluminação LED, disponível nas cores branco e preto. [Saiba mais aqui]
 
Conservador Horizontal Dupla Ação (HCED 503 C)
 
Com refrigeração estática e capacidade para 503 litros, possui degelo manual, condensação forçada para maior velocidade de refrigeração, gabinete com formas internas arredondadas, divisória interna com pintura plastificada, tampa de chapa com puxador ergonômico e dobradiças balanceadas, grade plástica em material de alto impacto com proteção U.V., rodízio duplo giratório de alta resistência, dreno frontal e puxador frontal com chave na porta. [Saiba mais aqui]